Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Amanhã e domingo decorrerá, no Parque do Cinquentenário em Bruxelas, a 7a edição do evento O Melhor de Portugal pela primeira vez exclusivamente organizado pela Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP).

O objetivo desta iniciativa é promover o que de melhor se faz em Portugal e a qualidade de excelência dos produtos agroalimentares portugueses, nomeadamente os vinhos, queijos, enchidos, azeites, méis, frutas e hortícolas, entre outros, mas também mostrar um pouco da nossa cultura, artesanato, bailado, música, em ambiente paralelo à feira.

Este ano estão representadas todas as regiões de Portugal continental e também dos arquipélagos dos Açores e Madeira, com os produtos mais emblemáticos de todas as regiões.

“Bruxelas já tem uma comunidade portuguesa considerável, e mantém uma atividade económica consistente e de qualidade, ao nível dos setores da restauração, serviços, transportes, construção, turismo, design e tecnologias de informação. São estes agentes económicos que se pretende, também, promover de forma a dar mais visibilidade aos serviços de excelência prestados pela comunidade portuguesa” explica Eduardo Oliveira e Sousa, Presidente da CAP.

“Este ano temos quatro objetivos: aumentar para 40 000 o numero total de participantes, atrair mais expatriados que trabalham na bolha europeia, promover a cultura Portuguesa, e ajudar as nossas empresas agroalimentares a entrarem no mercado Belga” augura Luis Mira, secretário geral da CAP.

Incentivo à internacionalização das PME do Sector Agroalimentar

Pelo 7o ano consecutivo a CAP apoia as PME do sector agroalimentar Portuguesas a dar os primeiros passos na internacionalização dos produtos, é essencial dar a conhecer o que de melhor se faz em Portugal, e Bruxelas é um palco privilegiado, uma vez que vivem e trabalham na Bélgica um sem numero de nacionalidades Europeias e de todo o mundo.

Defesa do orçamento da Politica Agricola Commun

Com as eleições para o Parlamento Europeu à porta e a discussão do próximo quadro de financiamento comunitário, a CAP assume, na primeira linha, a defesa dos interesses portugueses no orçamento da Politica Agricola Commun (PAC).

“Importante é, para nós, o orçamento para a Política Agrícola Comum, que se deseja não diminuído face ao anterior, por forma a permitir uma continuidade do modelo agrícola Europeu, pese embora haja correções importantes que deverão continuar o seu percurso, como seja a aproximação dos valores recebidos pelos agricultores dos diversos países, a designada convergência” conclui Eduardo Oliveira e Sousa, Presidente da CAP.

Cartaz musical 2019

Este ano o cartaz musical conta com José Cid, Olavo Bilac, David Antunes, Banda.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.4