Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Exposição de publicações centenárias portuguesas em Bruxelas

A Associação Portuguesa de Imprensa (API) inaugurou neste dia 12 de julho, no edifício do Parlamento Europeu, em Bruxelas, uma exposição sobre Publicações Centenárias Portuguesas.

Portugal tem 34 publicações centenárias e 28 destas publicações deslocaram-se a Bruxelas a convite da API.

“O primeiro jornal português foi publicado em 1641, em Lisboa. Chamava-se ‘Gazeta onde se relatam as novas todas nesta Corte e que vieram de várias partes’. Ficou conhecido como ‘Gazeta da Restauração’ já que o seu propósito seria o de contribuir para consolidar a reconquista da independência nacional (em 1640) e apoiar o Rei D. João IV, que acabara de ser coroado” diz um texto de apresentação da exposição.

Em 1910, quando foi implantada a República, havia em Portugal 500 jornais e, por mais incrível que pareça, alguns deles ainda existem hoje.

O jornal português mais antigo é o “Açoriano Oriental” e foi fundado em 1835. Tem pois 182 anos. É quase bicentenário. Segue-se o “Aurora do Lima” com 162 anos, o “Diário de Notícias” com 153 anos, o “Diário dos Açores” com 147 anos,… São 34 publicações com mais de 100 anos, agora apresentadas em Bruxelas.

O Presidente da API, João Palmeiro, quer inscrever estes jornais centenários portugueses na lista de património da humanidade da Unesco.

Na inauguração da exposição estavam vários Deputados europeus, como por exemplo José Manuel Fernandes, Ana Gomes, Marinho Pinto e Marisa Matias.

Depois da inauguração, a delegação portuguesa dirigida pelo Presidente da API, João Palmeiro, esteve nos salões da Embaixada de Portugal em Bruxelas, com alguns membros da Comunidade portuguesa, como por exemplo o Conselho das Comunidades Pedro Rupio, o Conselheiro das Comunidades Madeirenses José Gonçalves e o Presidente da Associação Emaüs António Gomes.

Na Embaixada de Portugal foi também feita uma apresentação do LusoJornal – único jornal português editado na Bélgica há 12 anos – que nesse dia deixava de ser mensal para passar a ser… diário.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
5.7